seiyaku
< Anterior
Página inicial
Proxima >

A Noiva do Coelho

KHM 066

Era uma vez uma mulher e uma filha que viviam num lindo jardim repleto de repolhos, e um pequeno coelho se aproximou, e no tempo de inverno comeu todos os repolhos. Então, a mãe diz para a filha, – "Vá lá até o jardim, e expulse o coelho de lá." A garota diz para o coelho: – "Ei, você está acabando com os nossos repolhos." O coelho responde: – "Venha aqui, garotinha, e sente no meu rabinho, e vamos juntos para a toca onde eu moro."

Mas a garota não queria acompanhá-lo. No dia seguinte, o coelho aparece novamente e come os repolhos, Então, a mãe diz para a filha, – "Vá lá até o jardim, e expulse o coelho de lá. A garota diz para o coelho: – "Ei, você continua comendo todos os nossos repolhos." O coelhinho responde: – "Venha aqui, garotinha, e sente no meu rabinho, e vamos juntos para a toca onde eu moro." A garota se recusa.

No terceiro dia o coelho aparece novamente, e come os repolhos. Diante disso, a mãe fala para a filha: – "Vá lá até o jardim, e expulse o coelho de lá. A garota diz para o coelho: – "Ei, você continua comendo todos os nossos repolhos." O coelhinho responde: – "Venha aqui, garotinha, e sente no meu rabinho, e vamos juntos para a toca onde eu moro."

A garota decide se sentar no rabo do coelho, e então, o coelho a leva para conhecer a sua pequena toca, e diz: – "Agora, quero que você prepare para mim repolho verde e grãos de milho, e eu irei chamar os convidados para o casamento." Então, todos os convidados do casamento chegaram. "Quem eram os convidados do casamento?" Isso eu posso responder porque uma outra pessoa me contou. "Eram todos coelhos, o corvo estava lá como padre, para casar a noiva com o noivo, e a raposa era a sacristã, e o altar ficava debaixo do arco-íris."

A garota, todavia, estava triste, porque ela estava muito sozinha. O coelhinho chegou e disse: – "Abram as portas, abram as portas, os convidados do casamento estão felizes." A noiva não diz nada, apenas chora. O coelhinho vai embora. Depois, retorna e diz: – "Tirem as tampas, tirem as tampas, os convidados estão com fome." A noiva novamente não diz nada, e chora. O coelhinho vai embora.

O coelhinho retorna e diz: – "Tirem as tampas, tirem as tampas, os convidados estão esperando." Então, a noiva não diz nada, e o coelhinho vai embora, mas ela confecciona uma boneca de palha com suas roupas, e dá para a boneca uma colher para mexer, e a coloca perto do caldeirão com milho, e volta para a casa da sua mãe. O coelhinho retorna mais uma vez e diz: – "Tirem as tampas, tirem as tampas," se levanta, e bate na cabeça da boneca até que a touca dela cai.

Então, o coelhinho viu que não era sua noiva, e vai embora e fica triste.

------ fim -----

sections

search 🔍

contact

about
 home

privacy policy

email

© seiyaku.com