seiyaku
< Anterior
Página inicial
Proxima >

O Senhor Korbes

KHM 041

Era uma vez um galo e uma galinha que queriam fazer uma viagem juntos. Então, o galo construiu uma linda carruagem, com quatro rodas vermelhas, e quatro camundongos foram atrelados a ela. A galinha sentou no banco da frente junto com o galo, e eles partiram juntos. Não haviam caminhado muito quando eles encontraram um gato que disse: "Para onde vocês estão indo?" O galo respondeu: "Estamos indo para a casa do Senhor Korbes."

"Levem-me com vocês," disse o gato. O galo respondeu: "Com o maior prazer, suba atrás, caso contrário você poderá cair se for na frente. Tome muito cuidado para não sujar as minhas pequenas rodas vermelhas. E vocês, minhas rodinhas, vamos rodando, e vocês meus pequenos ratinhos, sebo nas canelas, porque devemos continuar nossa viagem até a casa do Senhor Korbes."

Depois do gato, veio uma pedra de moinho, depois um ovo, depois um pato, e então, um alfinete e finalmente uma agulha, e todos se sentaram confortavelmente na carruagem, e foram embora. No entanto, quando eles chegaram na casa do Senhor Korbes, o Senhor Korbes não estava em casa. Os camundongos levaram a carruagem até o celeiro, e a galinha e o galo foram correndo em cima de um poleiro. O gato ficou sentado ao lado da lareira, e o pato ficou no mastro do poço. O ovo rolou para dentro de uma toalha, o alfinete se acomodou na almofada da cadeira, e a agulha pulou em cima da cama, no meio do travesseiro, e a pedra de moinha ficou parada perto da porta.

Então, o Senhor Korbes voltou para casa, foi até a lareira, e ia acender o fogo, quando o gato jogou algumas cinzas na cara dele. Ele correu até a cozinha todo apressado para se lavar, e o pato espirrou água na cara dele. Ele foi se enxugar com a toalha, mas o ovo rolou em cima dele, e quebrou, e ficou grudado em seus olhos. Ele queria descansar, e então se sentou na cadeira, mas o alfinete o cutucou. Ele ficou furioso e se atirou na cama, mas assim que ele colocou a cabeça sobre o travesseiro, a agulha picou a cabeça dele, que ele chegou a gritar alto, e já estava decidido a sair pelo mundo de tanta raiva, mas quando ele chegou na porta da casa, a pedra de moinho saltou e caiu em cima dele, matando-o. O Senhor Korbes deve ter sido um homem muito perverso!

------ fim -----

sections

search 🔍

contact

about
 home

privacy policy

email

© seiyaku.com